A ideia de que o conhecimento científico, de todos os tipos, deve ser compartilhado abertamente tão cedo quanto praticável no processo de descoberta. —Michael Nielsen
Categoria: A organizar

Imagem de <http://www.capes.gov.br/conteudo/2-encontro-capes-de-ciencia-aberta/>

Ni!

Com o tema Direitos de propriedade intelectual e políticas institucionais, o II Encontro Capes de Ciência Aberta será um espaço para “propor reflexões sobre a relação entre Ciência e Direitos Autorais, focando nas experiências nacionais e internacionais de implementação de políticas governamentais voltadas à promoção do compartilhamento do conhecimento científico.”

Dia 13 de novembro de 2019, no edifício sede da CAPES, em Brasília.

Veja a programação completa e inscrições em:

http://www.capes.gov.br/conteudo/2-encontro-capes-de-ciencia-aberta/

Abraços!

.~´

OpenCon2018
Ni!

A OpenCon é uma das principais conferências internacionais sobre ciência aberta, voltada para jovens pesquisadores, estudantes e profissionais interessados em acesso aberto, educação aberta, dados científicos abertos. Todo ano ela busca levar uma grande diversidade de participantes para o evento internacional, além de estimular a organização de eventos locais.

Este ano a conferência ocorre do dia 2 ao 4 de novembro em Toronto, no Canadá. Como nos anos anteriores, a organização oferece bolsas para custear despesas de transporte e estadia dos participantes.

As inscrições estão abertas até dia 13 de julho no endereço:

https://apply.opencon2018.org/referral/em06121

Abraço,
l
e
.~´

Tijuana Slough NWR birding (5121522428)

Ni!

27 e 28 de abril, 5 e 6 de maio, com Robert Stevenson (UMASS-Boston)

O curso Introdução a Citizen Science: foco em biodiversidade faz uma apresentação da história, evolução, organização e futuro dos projetos desta natureza, incluindo exercícios de campo. O curso é gratuito e aberto para estudantes e profissionais interessados, de todas as áreas: biológicas, exatas e humanas. Para os alunos de pós-graduação, o curso será ministrado no âmbito da disciplina PCS5026 – Tópicos Especiais em Informática para Biodiversidade e será possível inscrever-se para obter créditos.

Mais informações e inscrição no site do curso.

.~´

cartaz_final_web (2)_2

O Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública promove um debate, nesta terça-feira, dia 14, sobre o novo Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (MLCT&I). O evento acontece no auditório da ADunicamp, a partir das 13h30, e terá transmissão on line pelo socializandosaberes.net.br.

A primeira parte do evento conta com a presença do jornalista Luis Nassif e dos professores Epitácio Macário (da Universidade Estadual do Ceará e representante do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES) e Renato Dagnino (da Unicamp), que recentemente publicou um artigo no site Carta Maior sobre o assunto (“As expectativas do Marco Legal da Ciência e Tecnologia”, de 29 de fevereiro de 2016).

Na sequência será realizada uma reunião para debater propostas para o fortalecimento do movimento. No encerramento, às 19h haverá a apresentação do grupo Breusil Cordas Brasileiras.

O Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública tem questionado, entre outros, o fato dessa lei não ter sido amplamente debatida com a sociedade, tendo em vista os impactos diretos na pesquisa pública que é desenvolvida no país, e aponta para o risco da privatização do ensino superior e da pesquisa pública brasileira, como consta no documento elaborado e disponível no blog ctpublica.wordpress.com. Quem tiver interesse nessa discussão vale dar uma olhada no blog, onde há artigos e notícias relacionadas com o tema, bem como documentos elaborados até o momento, no âmbito do movimento, como o Manifesto do Movimento, a Carta de Campinas e a carta encaminhada à Presidência da República solicitando o veto ao então PL 77/2015.

A seguir, o documento elaborado para o convite do evento do dia 14, na íntegra:

A recente aprovação da Lei 13.243/2016, denominada “Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação”, abre as portas para a privatização do ensino superior e da pesquisa pública brasileira.

Esta Lei prevê que os Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) das Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT) poderão ter estatuto de direito privado, vindo a receber recursos públicos para pesquisas privadas; utilizar mão de obra especializada (pesquisadores e técnicos) pagos com recursos públicos; e ter acesso à infraestrutura pública em atividades de pesquisa para interesses exclusivos de empresas privadas.

A implementação dessa lei representará o desmantelamento do caráter público do ensino superior e da pesquisa do país, contrariando os interesses dos trabalhadores e da maioria da sociedade brasileira em favor do capital privado e das transnacionais.

Tendo em vista a grave ameaça ao conhecimento e à ciência do nosso país, é fundamental uma ampla mobilização em defesa da “Ciência e Tecnologia Pública” voltada às necessidades da maioria da sociedade brasileira.

Preocupadas com essa situação, as instituições e entidades que promovem o evento “Ciência e tecnologia pública: caminho para uma sociedade igualitária” convidam os trabalhadores, estudantes, professores, pesquisadores e a sociedade em geral para fortalecer esse movimento em defesa do caráter público do conhecimento, da ciência e da tecnologia de nosso país.

Marcado com: , , ,

Centro de Tecnologia Acadêmica - UFRGS

Pessoal,

O Centro de Tecnologia Acadêmica irá conduzir a primeira Hackatona de Libertação de Hardware durante o Arduino Day 2016.

Sentimos que a cultura de hardware aberto no Brasil está precisando de uma forcinha, particularmente para reforçar práticas de documentação e licenciamento de hardware. Temos atuado neste em instrumentos abertos para ciência e educação e o foco do CTA neste ano será o de trazer à tona os elementos básicos do que é Hardware Aberto e Livre e oferecer atividades para embasar a cultura do hardware aberto e livre no Brasil A Hackatona de Libertação de Hardware é o primeiro evento neste sentido. Estão todos convidados a participar e ajudar a consolidar a cultura de liberdade do hardware no Brasil.

Mais informações na página da Hackatona de Libertação de Hardware!

Abraço,
Rafael Pezzi

ueadsl
O UEADSL – evento online assíncrono: Congresso Nacional Universidade EAD e Software Livre – é um REA, pois destina-se a ser palco de trabalhos  de final de semestre para disciplinas de graduação e pós e possui 4 etapas, com 5 avaliações, somente a última classificatória e eliminatória, pois as anteriores servem para ensinar a participar de eventos, escrever artigo, discutir o tema etc

Este convite dirige-se aos professores interessados em participar com turmas de graduação, pós ou orientandos.

E, por falar em tema, o UEADSL sempre revê as temáticas abordadas a cada semestre conforme as áreas dos professores que participam. Imagine o que cabe no escopo “universidade”… Com certeza, seu trabalho cabe.

Fiz um vídeo explicando o UEADSL como REA e como jogo: http://textolivre.org/videoteca/videos/textolivre/UEADSL_ajogada-apresentacao_v1.ogg

Maiores informações sobre movimentação em eventos online: aqui.
Como participar: aqui e aqui.

Anais do UEADSL2015.1: aqui.

O UEADSL, um recurso educacional aberto, dado seu caráter didático, é um evento totalmente online e sem custos para os participantes, promovido pelo grupo Texto Livre/Laboratório SEMIOTEC, da FALE/UFMG, desde 2010. Apoio: CAED/UFMG

Datas do UEADSL2015.2 -> para você começar a planejar desde já! 

EVENTO-> de 23 a 27 de novembro de 2015

ATENÇÃO: os professores que estiverem interessados em participar com suas turmas devem entrar em contato com ueadsl@textolivre.pro.br até 3 de agosto (quanto antes, melhor) para maiores informações. Todo tipo de participação é livre de custos.

  • Submissão de trabalhos -> de 21 a 28 de setembro de 2015
  • avaliação de resumos e minicurrículos (pareceres R1) -> 05 de outubro de 2015
  • Envio da revisão de resumos e minicurrículos-> até 12 de outubro de 2015
  • avaliação do resumo revisado (pareceres R2) -> até 19 de outubro de 2015
  • Envio do artigo completo para receber sugestões dos avaliadores -> de 19 de outubro a 2 de novembro de 2015
  • avaliação do artigo (pareceres A1) -> 9 de novembro de 2015
  • Envio do artigo completo -> de 9 a 16 de novembro (versão final)
  • avaliação do artigo revisado (pareceres A2) -> até 18 de novembro de 2015
  • Publicação da programação -> até 18 de novembro de 2015
  • Envio dos artigos para anais -> até 23 de novembro de 2015
  • UEADSL -> de 23 a 27 de novembro de 2015
Marcado com: , , , , , ,

Texto de Alessandra dos Santos.

Boa tarde, pessoal. Peço licença para chamar a todos os interessados em discutir ciência cidadã, ciência aberta e afins para participar do Seminário Ciência Cidadã e determinação social da saúde: desafios e perspectivas.

CARTAZ_Evento-PPGICS-2015

O Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde, PPGICS/Icict/Fiocruz, inter e transdisciplinar por natureza, se abre como um campo privilegiado para discutir essa inflexão do conhecimento cientifico, que traz o imperativo da abertura e da participação; da mistura e da reflexividade. Que trajetórias podem ser pensadas, inventadas e traçadas para contribuir com essa nova política é o que se objetiva abrir para discussão.

Dois palestrantes vão debater os temas: os professores doutores Sarita Albagli (Instituto Brasileiro em Informação, Ciência e Tecnologia) e Luis David Castiel (Escola Nacional de Saúde Pública). A mediação será realizada pela professora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Drª. Márcia Teixeira.

O evento é uma realização da turma de doutorado de 2014 do programa, por meio da disciplina Seminários Avançados I, sob orientação da professora Drª Cristina Guimarães.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por este formulário.

Outras informações podem ser encontradas na página do facebook do evento.

Serviço

O que: Seminário Ciência Cidadã e determinação social da saúde: desafios e perspectivas

Quando: 03 de julho, sexta-feira

Horário: 13h30 às 16h30

Local: Auditório do Instituto de Comunicação e Informação Tecnológica e Científica (Icict), localizado à Av. Brasil, 4.365, Biblioteca de Manguinhos – Pavilhão Haity Moussatché – sala 202 – Campus da Fiocruz, Manguinhos.

Atenção alunos!! Daremos certificado de presença mas para isso é preciso se inscrever no evento!!

Obrigada pela divulgação, Grupo de trabalho em Ciência Aberta!

Saudações!

Turma de doutorado 2014 PPGICS/Fiocruz

O UEADSL 2015.1 – Congresso Nacional Universidade EAD e Software Livre deste semestre – está chegando à cena internáutica com novos temas, novas polêmicas e novas figuras empoderando-se deste espaço aberto e privilegiado de debate.
O evento, tendo como tema principal tecnologias livres, acontece de 15 a 19 de junho e conta com uma comissão científica interdisciplinar e interinstitucional.
Os temas deste ano são:

Universidade e EAD Universidade e Software Livre EAD e Software Livre EAD e Software Livre na Universidade
Cultura Livre Produção Textual no Computador Semiótica e tecnologia Sustentabilidade e Liberdade
Fora do Eixo Ciência Aberta Letramento Digital Literatura e Tecnologias Digitais
Educação e Tecnologias Digitais Educação e Software Livre Tecnologias livres

Como de praxe, anunciaremos as conferências de encerramento antes mesmo do início do evento, para aquecer o debate.
O UEADSL é um evento totalmente online e sem custos para os participantes, promovido pelo grupo Texto Livre/Laboratório SEMIOTEC, da FALE/UFMG, desde 2010. Apoio: CAED/UFMG

Marcado com: , , , , , , , , , , , ,

Smash Something

Smash Something” de Andrew Becraft sob CC-BY-NC

Página atualizada em 12/04/2015 com base em informação fornecida por Felipe Fonseca.

No segundo semestre do ano temos

É difícil para todos organizar atividades para os três eventos e eu gostaria de sugerir que cada um conversa-se com a organização mais próxima da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia para realizar uma atividade envolvendo ciência aberta em qualquer uma das suas vertentes: acesso aberto, cadernos de anotações abertos, dados abertos, software aberto/livre, ciência cidadã, …

Fazer uma atividade durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia provavelmente será fácil pois o evento é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e por isso você pode conseguir apoio institucional.

A melhor parte, é que esse ano a Open Access Week ocorre na mesma semada da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e você pode colocar sua atividade em ambas as programações.

Para quem desejar fazer um evento satélite da OpenCon, eles podem ser realizados entre 14 de Novembro até 28 de Dezembro. Maiores informações aqui.

 Transmission_10fps2

Na próxima terça-feira (31/03/2015), à partir das 20h30 (horário de Brasília) , teremos a edição de março do nosso WebEncontro.

Nesse mês continuaremos usando, em caráter temporário, o serviço Google Hangouts On Air até descobrirmos um serviço baseado em tecnologias livres que funcione a contento.

O Hangouts tem uma capacidade máxima de 10 pessoas. Portanto, se houver mais de 10 pessoas presentes, haverá uma fila de espera pra falar.
Enquanto aguardam na fila de espera, as pessoas poderão interagir com aquelas pessoas que estiverem falando através do recurso de chat do hangouts, ou através no canal #cienciaaberta na Freenode.

No espírito de que somos uma comunidade que preza pela colaboração livre e aberta de seus membros, segue o link do pad para que que registrem sugestões de pautas e sua participação no WebEncontro.

Mais informações sobre o evento, e o registro das edições anteriores pode ser encontrado no endereço
https://pt.wikiversity.org/wiki/Encontro_virtual_do_GT_Ci%C3%AAncia_Aberta

Consulta: Quando é bom pra você?

Gostaríamos de saber qual o melhor horário para todas as pessoas. Pra isso preparamos uma consulta, que você pode participar clicando aqui. Essa consulta será encerrada no próximo dia 15 de Abril.Para participar, basta colorir os horários que são bons pra você. Esses horários se referem a última semana de cada mês, aqui entendida como sendo os últimos 7 dias do mês.
.
Os resultados dessa consulta serão implementados à partir da edição de abril do WebEncontro.