Boas notícias numa mensagem do Prof. Jorge Machado para a lista cienciaaberta:

Esta semana, através do esforço da OKBR em elaborar pedidos de informação e recursos em várias instâncias com base na Lei de Acesso à informação, foi possível obter o dicionário de dados completo da Plataforma Lattes, que pode ser baixado neste link https://drive.google.com/file/d/1ivj9_fZREh34DVObV18jml7m2hx4CCV9

Esta foi uma vitória importante e é uma ótima notícia para quem já trabalhava com dados da base, mas sem ter a estrutura dela… O próximo passo é abrir a base completa, enfrentando o interesse de atores privados que fazem uso comercial da mesma…

Mais informações sobre o tema, sobre os pedidos de informação, recursos e re-recursos com o CNPq, incluindo pistas sobre o que estaria por trás de tamanha resistência à abertura dos dados, podem ser acessadas a partir desta página na Wikiversidade, que já se encontra atualizada:

https://pt.wikiversity.org/wiki/Base_Lattes

Abraço!

.~´

Uma ótima oportunidade para conhecer mais sobre ciência aberta, metaciência, e participar de projetos de pesquisa em modo “hackaton” para investigar como construir uma ciência melhor.

Nas últimas semanas rolaram alguns dos debates “Pré-HackWeek”, que vão ficando disponíveis para serem assistidos, com o próximo acontecendo dia 27/7. E, o mais importante, as inscrições seguem abertas!

Até o dia 30 de julho, estarão abertas as inscrições para quem quiser participar da Hack Week, desenvolvendo projetos “no-budget”.

Ela ocorrerá entre os dias 10 e 24 de agosto. Nessas duas semanas, a dedicação será maior, já que os participantes estarão em contato diário (remoto) tanto com a sua própria equipe de trabalho formada na Hack Week quanto com a organização do evento e eventuais pessoas que ofereçam mentoria para os projetos.

Divulgaremos aqui, em breve, a programação para a Hack Week. A participação na Hack Week não é exclusiva para a comunidade da Pré-Hack Week, você pode se inscrever mesmo que não participe dos debates ao longo de julho (e vice-versa, você pode participar dos debates sem se comprometer a participar da Hack Week).

Para se inscrever, acesse e preencha o formulário de inscrição.

Mais informações em https://www.reprodutibilidade.bio.br/hack-week-2020.

Ni!

Foto de Jon dando sua palestra “Open Science is just good science” (YouTube)

Ni!

No início deste mês faleceu, num trágico acidente em Bali, Jon Tennant, paleontologista formidável e um dos mais ativos militantes e estudiosos da Ciência Aberta. Era alguém cheio de pensamentos esclarecedores, uma voz eloquente (como no vídeo acima) e mãos sempre ocupadas. Eu tive a chance de conhecê-lo em conferências e de recentemente encontrá-lo enquanto ele esteve baseado em Paris. Na véspera da sua partida, Jon escreveu um post no seu blog sobre superar adversidades, resumindo seu trabalho mais recente, com links para mais de uma dúzia de suas publicações e preprints sobre os mais diversos aspectos da Ciência Aberta. Eu convido todo mundo a tirar o tempo para lê-lo.

Abraços,

Foto: Agência FAPESP

Ni!

No dia 16 de dezembro a FAPESP lançou, junto às universidades paulistas, o ITA e a Embrapa, a Rede de Repositórios de Dados Científicos do Estado de São Paulo, que conta com um buscador de metadados integrando os respositórios das diversas instituições.

O lançamento faz parte da política de Ciência Aberta da fundação para dados, e complementa a sua política de gestão de dados de pesquisa, avançando em sintonia com as tendências mundiais.

A Fundação Oswaldo Cruz promove o I Encontro Nacional de Governo Aberto e Ciência Aberta, no dia 27 de novembro, na sede da Fiocruz Brasília. A proposta do evento é aproximar os movimentos do Governo Aberto e da Ciência Aberta, fortalecendo iniciativas na direção da transparência, inovação, acesso à informação pública e participação social.

Inscrições e programação

.~´

Imagem de <http://www.capes.gov.br/conteudo/2-encontro-capes-de-ciencia-aberta/>

Ni!

Com o tema Direitos de propriedade intelectual e políticas institucionais, o II Encontro Capes de Ciência Aberta será um espaço para “propor reflexões sobre a relação entre Ciência e Direitos Autorais, focando nas experiências nacionais e internacionais de implementação de políticas governamentais voltadas à promoção do compartilhamento do conhecimento científico.”

Dia 13 de novembro de 2019, no edifício sede da CAPES, em Brasília.

Veja a programação completa e inscrições em:

http://www.capes.gov.br/conteudo/2-encontro-capes-de-ciencia-aberta/

Abraços!

.~´

Dois vídeos interessantemente complementares, um de Yochai Benkler e outro de Jeffrey Sachs.

No primeiro, “Productivity and Power: The Role of Technology in Political Economy”, Benkler explica como evoluiu o pensamento político-econômico sobre a produção de inovação, apontando onde esse falhou em entender o poder de rentistas, prejudicando a inovação e contribuindo para a desigualdade. Ao final, ele oferece um modelo da inovação e sua relação com o poder mais adequado a enfrentar essa realidade.

No segundo, “A glimpse ahead on things that will affect the way research will be done and funded”, Sachs explica ao encontro do Global Research Council o que os desafios atuais de justiça social e sustentabilidade exigem como mudança para as agências de financiamento científico. Em particular, a necessidade de se responsabilizar pela produção de planos concretos unindo ciência básica, engenharia e políticas públicas.

.~´

Ni!

A 4ª edição da webconferência Ciência SUS in vivo discutirá a Ciência Aberta no contexto da pesquisa em saúde. O programa será transmitido pelo canal Ciência SUS no YouTube, no dia 12 de agosto, às 15 horas. Aatividade integraasaçõesde disseminação da informação sobre pesquisas e projetos em saúde realizadas pelo Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), por meio da Coordenação-Geral da Evidências e Informações Estratégicas para Gestão em Saúde (COEVI).

Nessa edição, a convidada é a doutora em Ciência da Informação (IBICT/UFRJ), Paula Xavier dos Santos, que é coordenadora de Informação e Comunicação da FIOCRUZ, onde também coordena o Comitê Gestor de Ciência Aberta e o Observatório em Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde. Paula atua no Programa de Pós-Graduação de Informação e Comunicação em Saúde do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT), como professora colaboradora. Seus interesses de pesquisa estão relacionados aos campos da Gestão do Conhecimento e da Ciência Aberta.

O canal Ciência SUS no YouTube pode ser acessado pelo link: https://www.youtube.com/cienciasus. O direito de acesso à informação e a proteção de dados pessoais serão alguns dos assuntos tratados pela pesquisadora. O Ciência SUS in vivo é produzido pela equipe do Núcleo de Tradução do Conhecimento da Coordenação de Evidencias e Informações Estratégicas para Gestão em Saúde (NUTRAC/COEvI) do Decit/SCTIE/MS.

O programa ocorre uma vez ao mês e conta com a participação de acadêmicos, pesquisadores e gestores das áreas de ciência, tecnologia e informação em saúde.Durante a webconferência, ocorre a interação com os internautas, que podem fazer perguntas. Mais informações no e-mail cienciasus@saude.gov.br

Fonte: lista cienciasus

Ni!

A Sloan Foundation está oferecendo bolsas de $5000 para jovens pesquisadores se prepararem e difundirem práticas de dados abertos em pesquisa, como parte do programa Frictionless Data Reproducible Research. Basta seguir o link abaixo para mais informações!

https://blog.okfn.org/2019/05/08/open-call-become-a-frictionless-data-reproducible-research-fellow/

.~´

Imagem CC-BY, original em: https://opensciencemooc.eu/

O Open Science MOOC, projeto para criar um conjunto de percursos de aprendizado sobre práticas em Ciência Aberta, acaba de lançar seu primeiro módulo: Open Research Software and Open Source.

O módulo corresponde ao item 5 do currículo planejado, cujo desenvolvimento é colaborativo e aberto à contribuições.

Ni!

.~´