ONU: Vaga especialista em ciência cidadã sobre biodiversidade

Fonte: https://nacoesunidas.org/vagas/brasil/

A Organização das Nações Unidas está procurando candidatos para uma vaga de Especialista em Ciência Cidadã sobre Biodiversidade, para trabalhar no projeto “Improving Brazilian Capacity to Conserve and Use Biodiversity through Information Management and Use”.

Mais informações neste documento oficial.

Publicado em Ciência Cidadã, Outras notícias

Departamento do Trabalho dos E.U.A. adota política de licenciamento aberto

Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:USDOL_Seal_circa_2015.svg

Em dezembro o organismo do governo estadunidense adotou a seguinte exigência:

“…o Departamento do Trabalho requer que propriedade intelectual desenvolvida sob um edital de financiamento Federal seja licenciado com a licença Creative Commons Atribuição. Essa licensa permite que usuários subsequentes possam copiar, distribuir, transmitir e adaptar o trabalho protegido por direito autoral, e requer de tais usuários que atribuam o trabalho da forma especificidada pelo recipiente.”

Mais informações no blog da SPARC.

Publicado em Acesso Aberto, Outras notícias, Práticas exemplares

Workshop do Structural Genomics Consortium na FAPESP

Fonte: http://www.thesgc.org/

Dia 7 de março o SGC e a FAPESP organizarão o workshop “New Horizons in Medicinal Chemistry of Protein Kinases Workshop“, apresentando resultados de abordagens abertas na busca pelo uso medicinal dessas moléculas.

Publicado em Dados abertos, Encontros, Ferramentas abertas, Inovação Aberta

Encontro de Hardware Científico Aberto

Screenshot do site http://openhardware.science/

Nos dias 2 e 3 de março de 2016 ocorrerá, nas instalações do CERN em Genebra, o encontro “Gathering for Open Science Hardware” ou “GOSH! 2016″.

As inscrições estão abertas até 18 de dezembro de 2015 e poderá haver apoio para viagem. Mais informações em:

http://openhardware.science/

Abraços!

Publicado em Encontros, Ferramentas abertas

Semana do Acesso Aberto 2015

Fonte: http://openaccessweek.org/

Estamos na semana do acesso aberto!

Algumas formas de contribuir:

Uma ótima semana para todos =)

Posts notados na semana:

Da ciência cidadã à ciência comum – por Bia Martins
Raquel Recuero on Social Networks and Open Access in the Social Sciences – no blog da SAGE Open

Publicado em Acesso Aberto, Anúncios do grupo, Genéricos

Da Ciência Cidadã à Ciência Comum

O texto a seguir foi escrito pela Bia Martins.

As iniciativas de Ciência Cidadã, uma das vertentes do movimento Ciência Aberta, lançam alguns questionamentos de fundo sobre as próprias fronteiras da episteme científica. Entende-se por Ciência Cidadã uma variedade de pesquisas científicas realizadas, no todo ou em parte, por leigos ou amadores. Aí incluem-se as inciativas de crowdScience, como SETI@Home; de inteligência distribuída, como Clickworkers; e ainda os chamados hackerspaces, entre outras.

São iniciativas que, por um lado, desafiam as normas estabelecidas do fazer científico, na medida em que abrem espaço para a atuação de outros atores sociais, não chancelados oficialmente com títulos acadêmicos, como aptos ao trabalho de pesquisa. Por outro, as práticas que elas ensejam podem incluir outros saberes, oriundos de vivências e experiências de pessoas comuns, o que tensiona a noção tradicional de conhecimento científico.

A incorporação de saberes não acadêmicos à pesquisa científica, inaugurando um novo regime de conhecimento, vem sendo estudada pelo professor Antonio Lafuente, pesquisador do Centro de Ciencias Humanas y Sociales, e coordenador do Laboratorio del Procomún do MediaLab Prado, ambos em Madri. Para ele, é preciso alargar a noção de Ciência Aberta para pensar uma Ciência Comum, feita não só de práticas mais abertas de pesquisa, mas construída por todos e entre todos.

Como exemplo desse tipo de saber que vem de fora dos laboratórios credenciados e afirma sua presença no espaço público, Lafuente cita o caso dos pacientes eletrossensíveis, pessoas que apresentam grande sensibilidade às ondas eletromagnéticas presentes no ambiente contemporâneo. Como são uma minoria e seus sintomas não estavam catalogados por estudos médicos, a enfermidade não era reconhecida pelos órgãos oficiais de saúde.

A partir de 1994, com a criação da ONG Associação Sueca para os Eletrossensíveis, a situação mudou de figura. Foi, então, produzido um documento com testemunhos de 350 pessoas afetadas pela enfermidade, que teve grande repercussão midiática. Só aí a doença ganhou visibilidade e, pode-se dizer, passou a existir oficialmente, pois foi reconhecida pela Organização Mundial de Saúde e os afetados passaram a ter direito ao atendimento médico pelo serviço público e à cobertura dos seguros privados.

Muitos outros casos nessa linha podem ser citados como a luta dos afetados pela AIDs ou a síndrome da enfermidade da Guerra do Golfo, por exemplo. Todos representam aspectos da realidade social que não são vistos ou tratados pelas instâncias institucionais, e que só ganham reconhecimento e têm suas demandas atendidas a partir de ações da cidadania. Constituem-se, de fato, em comunidades epistêmicas, isto é, em coletividades que questionam, examinam, analisam e desvendam as particularidades de suas moléstias, trazendo a público novos dados e descobertas, ao mesmo tempo em que reivindicam o atendimento às suas demandas específicas.

Expressam, portanto, outra dimensão da produção de conhecimento, para além dos muros da academia. Um tipo de pesquisa que, como diz Lafuente, prescinde de credenciais: todos podem participar, já que sua matéria-prima é o experencial, que é comum a todos, cientistas e leigos. Pois todos têm sua própria experiência como material consistente para contribuir na construção de uma Ciência Comum, para todos, por todos e entre todos.

Este post é uma brevíssima apresentação do conceito de Ciência Comum, trazido por Antonio Lafuente. Para aprofundamento, sugere-se a leitura do artigo “Modos de ciência: pública, abierta e común”, de Antonio Lafuente e Adolfo Estalella, do e-book Ciência Aberta, Questões Abertas, lançado recentemente.

Publicado em Acesso Aberto, Reflexões

Tropixel Labs em Ubatuba (SP)

Fonte: http://tropixel.ubalab.org

Esta semana ocorre em Ubatuba o Tropixel Labs:

Tropixel Labs é a quarta edição do evento que trabalha na fronteira entre arte, ciência, tecnologia e sociedade em Ubatuba/SP. Acontece entre os dias 22 e 24 de outubro, acompanhando a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (…)

Dentre as atividades haverá uma rodada sobre o projeto Ciência Aberta Ubatuba, oficinas de hardware aberto para pesquisa, e debates sobre ‘Educação Aberta’ e ‘Ciência, Tecnologia e Inovação’, além da exibição de filmes da mostra Bio-fiction.

Veja a programação completa no site do encontro.

Publicado em Encontros, Genéricos

Oportunidades para Editores Associados junto ao Diretório de Periódicos de Acesso Aberto

O Diretório de Periódicos de Acesso Aberto (DOAJ) conta atualmente com mais de cem Editores Associados, que se voluntariam por algumas horas semanalmente auxiliando na triagem de novos cadastros e na atualização de cadastros pré-existentes. Desde 2014, o DOAJ recebeu centenas de pedidos de inscrição de periódicos do mundo inteiro. Devido a essa demanda, o DOAJ está oferecendo posições voluntárias para novos Editores Associados, especialmente aqueles proficientes na língua portuguesa. É necessário ler e escrever em inglês de forma razoável, uma vez que você precisará se comunicar com outros Editores Associados e com Editores Seniores.

logo DOAJ

LANÇAMENTO: o DOAJ está iniciando um programa de fidelização do voluntariado, o qual reconhecerá oficialmente seus Editores Associados! Espera-se que isso facilite a justificativa e autorização de participação junto à sua chefia, e também auxilie no cadastro desses trabalhos técnicos no currículo Lattes do CNPq. O reconhecimento será feito possivelmente com a emissão de certificados e/ou micro-certificação digital, também conhecido como Open Badges. Maiores detalhes sobre o programa de fidelização encontram-se aqui; sobre micro-certificação digital, veja aqui.

certificado
logo Open Badges
Publicado em Acesso Aberto, Outras notícias

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2015 – Luz, Ciência e Vida

sn

Os dias 19-25 de Outubro constituem a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia desse ano. Nesse período, várias atividades envolvendo ciência e tecnologia acontecem em universidade, centros de pesquisas, …

Inscrições de atividades inda estão abertas aqui. Se você for realizar alguma atividade, mencione-a nos comentários ou escreva um post sobre ela.

Publicado em Anúncios do grupo, Genéricos

Semana do Acesso Aberto – Chamada de posts

oa

Os dias 19-25 de Outubro constituem a Semana Internacional do Acesso Aberto desse ano. Nesse período, grupos em prol do acesso aberto costumam realizar alguma atividade para divulgação do acesso aberto como, por exemplo, palestras, seminários, messas de discussões, …

Convidamos todos para contribuírem com posts para serem publicados nesse blog durante a Semana do Acesso Aberto. Pedimos que adicionem seus posts nessa página da wiki para que possamos gerenciar a publicação dos posts.

Publicado em Acesso Aberto, Anúncios do grupo

Ciência Aberta

Bem vindo ao blog do grupo de trabalho em Ciência Aberta!

Aqui compartilhamos ações de pesquisadores que estão optando por práticas científicas abertas, orientações para quem queira adotar essas práticas, e indicações para instituições apoiarem-as com infra-estrutura, reconhecimento e políticas. Para contribuir, escreva para blog@cienciaaberta.net

Outros canais: Licença Creative Commons
O conteúdo deste site, salvo indicação em contrário, está licenciado sob a licença Creative Commons Atribuição.

Siga por e-mail:

Feedburner Subscriber Count
Participe também da lista de e-mail do grupo